‘A prostituição pode salvar os Estados Unidos do abismo’

A matemática é até simples. Mas a questão política e moral envolvida é bem mais complexa. O dono de um bordel no Nevada disse ter a solução para os EUA não caírem no “fiscal cliff” (o abismo fiscal, uma combinação de mais de 500 mil milhões de dólares em cortes nos gastos e aumentos de impostos que podem entrar automaticamente em vigor no início do ano que vem e, assim, prejudicar gravemente a economia americana, levando à recessão).

Para Dennis Hof (na foto acima, com uma das suas meninas), proprietário do Moonlight Bunny Ranch, a saída para a terra do Tio Sam é a prostituição. Melhor dizendo: legalizar e taxar a prostituição.

“Eu pago 350 mil dólares por ano de impostos. O governo pode ter esse dinheiro ou gastar uma fortuna com a polícia. As pessoas estão a fazer bilhões com o negócio do sexo nos EUA e o governo não está a ficar com nenhum dinheiro, exceto em alguns locais do Nevada. Podemos mudar isto. A proibição não funciona e a legalização pode resolver muitos dos nossos problemas”, afirmou Hof, de acordo com o “Huffington Post”.

De acordo com o “Christian Post”, a indústria da prostituição movimenta anualmente no mundo cerca de 30 mil milhões de dólares. Para Hof, esse volume continuará a ser gasto com sexo mesmo que os governos aumentem a repressão.

Hof vai mais além: para ele, a maconha também deveria entrar no pacote de salvamento da economia e ser legalizada.

Veja também

casal

CASAL DÁ UMA QUECAA EM PLENO AVIÃO

Tem casal que quando viaja no avião tenta usar a casa de banho para dar …

Deixe uma resposta