Após plástica, chinesas são barradas no regresso por não serem reconhecidas

Um grupo de mulheres chinesas que foi à Coreia do Sul para realizar cirurgias estéticas confundiu os oficiais de imigração no regresso ao país, pois a nova aparência delas não coincidia com as fotos dos seus passaportes.

De acordo com a reportagem publicada, as 23 mulheres, com idade entre 36 e 54 anos, apresentavam olhos e narizes maiores e queixos mais finos do que os traços que apareciam nos seus passaportes.

“Após elas tirarem os seus enormes chapéus e grandes óculos escuros seguindo nosso pedido, vimos uma aparência diferente, com curativos e pontos”, disse Chen Tao, oficial do aeroporto de Xangai Hongqiao.

Ele destacou ainda que foi necessário comparar com cuidado outras partes que não passaram pela cirurgia para poder comprovar a identidade das mulheres. O processo de identificação de cada uma delas acabou por demorar vários minutos, em vez da média normal de 45 segundos.

“Elas disseram aos agentes que são amigas e que tinham ido juntas à Coreia do Sul para se submeter a cirurgias estéticas”, disse Chen, destacando que foi solicitado que elas renovem os seus passaportes imediatamente.

Veja também

casal

CASAL DÁ UMA QUECAA EM PLENO AVIÃO

Tem casal que quando viaja no avião tenta usar a casa de banho para dar …

Deixe uma resposta