Home / CONSULTÓRIO SEXY / Com Amor É Mais Caro

Com Amor É Mais Caro

A velha premissa de que sexo com amor é a combinação ideal para qualquer relacionamento de sucesso esbarra em 8 entre 10 casais. No universo feminino ainda existe aquele tabu de que a coisa perde todo o sentido se for sexo por sexo e nada mais. Os homens costumam dizer que não ligam, mas as novas gerações têm se conectado com a ideia de que uma relação amorosa entrega muito mais intimidade e conforto na cama do que as variáveis de um chamado “sexo frio”. Todo este conjunto deste cenário mais parce ter sido tirado de um conto de fadas inabalável, eu proclamo um aviso: com amor é mais caro.

Aquele seu relacionamento perfeito com a pessoa dos seus sonhos é dividido em duas partes – que se complementam: a idealista (que se refere ao amor e aos sentimentos que acompanham e dão base a essa sensação) e a física (atração e sexo, basicamente). A parte bonita que você viu nas histórias da Disney dispensa a parte que pode influenciar no seu dia a dia. É natural que todos tenham e sintam necessidades físicas. O sexo não é só uma prática prazerosa, mas também serve de válvula de escape dos problemas cotidianos e do stress, além de combater uma porrada de doenças que estampam as capas de revista. O que muita gente não vê é que essa porção carnal nem sempre é satisfatória. Não rola muita química, a qualidade é baixa, a outra pessoa não é tão aberta como você gostaria que fosse para tentar coisas novas e uma infinidade de problemas que você, caro leitor, já deve ter vivido. E daí eu pergunto: vale a pena jogar fora o seu relacionamento perfeito e amoroso por conta de uma vida sexual frustrada com aquela pessoa?

Enquanto você pensa nisso, um outro lado da história se apresenta. Sexo por sexo, instintivo e carnal, é algo condenável por grande parte das pessoas. Aquela coisa fria do sexo express, pronto pra consumo e entrega. Consumido, basta fechar as calças e sair da cama. Atende perfeitamente às necessidades temporárias de grande parte da humanidade e não pede que você se preocupe em não parecer controlador demais ou pervertido demais na cama. Chega a parecer egoísta. Mas, se analisado friamente, é algo que não demanda esforço sentimental e desgastes em relacionamentos que poderiam durar muito mais caso a compatibilidade sexual fosse maior. É aquele test-drive maroto sem compromisso nenhum. Você vai, experimenta, faz o que tiver vontade na hora e não precisa encarar os julgamentos sociais do além-cama. Vai ver é por isso que muita gente ainda mantenha a prática do sexo pago. No fundo, todo o mundo gosta, mas tem medo de se viciar. Transformar o sexo express em junkfood e acabar largando a tal ideologia amorosa de vez. É como se a gente largasse a parte que nos confere humanidade, renunciasse a ideologia dos sentimentos e assumisse de vez o caráter animalesco.

Com dois extremos tão distintos – o relacionamento amoroso e o sexo por prazer – a gente percebe que as relações de hoje em dia encaram tabus por todos os lados. Que é complicado admitir, mas todos nós, em dados momentos, preferimos uma boa dose de sexo express com alguém que a gente não ama. E, em outros momentos, a gente até abriria mão dessa necessidade sexual pra conservar pessoas ótimas que conhecemos na vida, mas que não nos atraíram em nada. Na cama e fora dela, a gente encontra uma batalha de obstáculos que podem ferir o nosso lado idealista e físico. E há quem separe tão completamente esses lados que justifique amar uma pessoa, mas só conseguir fazer sexo com outras. A moeda de troca – e que dá peso a essas duas visões – é o amor. É essa busca desenfreada que faz com que a gente tente sempre dispor numa balança o que sentimos, o que queremos sentir e as nossas vontades mais rústicas e intimistas. No fim das contas, a ideia é que “com amor é mais caro”. E isso pode ser bom ou mau. Depende do quanto você está disposto a pagar.

Fonte: CasalSemVergonha

Veja também

corrimento vaginal

3 HÁBITOS QUE ESTÃO TE PROVOCANDO CORRIMENTO E NEM IMAGINAS!

3 Hábitos que estão te Provocando Corrimento e nem Imaginas! A secreção vaginal é formada por …

Deixe uma resposta