Home / Actualidade / ERICA FONTES VÊ ORGASMOS PROFISSIONAIS PENHORADOS PELO FISCO

ERICA FONTES VÊ ORGASMOS PROFISSIONAIS PENHORADOS PELO FISCO


ERICA FONTES VÊ ORGASMOS PROFISSIONAIS PENHORADOS PELO FISCO

Saiu a notícia esta semana onde o fisco penhorou quatro bolos a um restaurante, em fevereiro.
Desta mesma forma o fisco tem trabalhado arduamente em arranjar formas rápidas de reaver os impostos em falta por parte de cada contribuinte português.

Sabe-se hoje que o fisco foi mais além na tentativa de proceder a um encaixe de impostos para combater o deslize governamental do défice orçamental em curso.

Sendo assim, e dado existir no setor da arte cinematográfica para adultos, uma atividade económica em franca expansão em Portugal.
Entendeu o fisco, junto da mais conceituada atriz Erica Fontes, proceder à penhora de cada orgasmo, quer em território nacional e internacional, em conformidade com o que já faz na arrecadação de impostos no jogo do Euromilhões da Santa Casa da Misericórdia.

No entanto, e uma vez que o fisco não tem técnico especializado para avaliação de orgasmos femininos em filmes para adultos. Entendeu posteriormente suspender temporariamente as penhoras avançadas até conseguir colocar técnicos formados nessa vertente, no terreno.

Mais uma vez o fisco anda muito à frente.

Para que possa você, leitor, ter uma ideia do valor a vir a ser arrecadado com esta magnifica penhora de orgasmos de Erica Fontes, bastará calcular um valor médio de cada orgasmos e a este valor somar a quantidade deles em cada filme pornô.

Força Erica Fontes, ajuda este fisco a estabilizar as finanças portuguesas.

Para facilitar a vida nesses cálculos deixamos aqui um trecho de filme de Erica Fontes.
Depois comente o valor que conseguiu encontrar de penhoras feito pelo fisco a Erica Fontes.


*Nota: Esta é uma notícia do feliz dia do 1º de Abril… partilha e prega esta peta aos teus amigos. 😉

Veja também

Club Privé

HOMEM QUE É HOMEM JÁ SABE O QUE É BOM DESDE PEQUENINO

Repara bem neste vídeo… e diz lá que até ele já sabe o que é …

Deixe uma resposta