Home / Actualidade / Maldade feminina é uma forma de aumentar a atração sexual

Maldade feminina é uma forma de aumentar a atração sexual

Um estudo divulgado pela Discover Magazine aponta que os mexericos e pequenos golpes são maneiras de competição e foram aprendidos ao longo da evolução para aumentar o poder de atração sobre o sexo oposto. Excluir uma mulher do grupo, revelar segredos, não conversar com a pessoa ou espalhar mexericos têm efeitos além de aumentar o status social. A psicóloga canadiana Tracy Vaillancourt realizou duas experiências e estudou os resultados. Ela pediu a um grupo de mulheres que pensasse num encontro. Nessa situação, as envolvidas mostraram-se mais propensas e excluir alguma mulher ou a tratar mal alguém.

Num outro estudo, as voluntárias mostraram-se muito mais cruéis em relação a uma mulher vestida de maneira sexy. Quando a mesma pessoa apareceu usando roupas sem graça, os comentários foram menos maldosos.

Um outro estudo canadiano revelou que as mulheres atraentes têm 35% mais hipóteses de se envolver numa briga do que as outras. A pesquisa conclui que as mulheres podem ter investido em recursos baptizados hoje como bullying para competir pelos representantes do sexo oposto sem precisar de se envolverem em ataques diretos ou mesmo brigas físicas, como era mais comum entre os homens. Isto devido ao instinto maternal que pediria para proteger o próprio corpo.

Os dados, que foram originalmente publicados na revista Live Science, mostram ainda que mulheres más tendem a ter um maior número de parceiros e que o bullying afasta potenciais rivais.

Veja também

Club Privé

HOMEM QUE É HOMEM JÁ SABE O QUE É BOM DESDE PEQUENINO

Repara bem neste vídeo… e diz lá que até ele já sabe o que é …

Deixe uma resposta