Home / Actualidade / MILITAR DA ELITE DA GNR BRILHA COMO ATOR PORNOGRÁFICO
Militar de Elite da Gnr brilha como ator pornográfico

MILITAR DA ELITE DA GNR BRILHA COMO ATOR PORNOGRÁFICO

militar da elite da gnr brilha como ator pornográfico

Um militar da Unidade de Intervenção da GNR está a ser alvo de um processo disciplinar por ter participado em vários filmes pornográficos nacionais, ao longo dos últimos dois anos.

A GNR só terá descoberto há pouco tempo a participação do cabo da unidade de elite da GNR em filmes pornográficos, após este ter desempenhado esta actividade paralela na indústria do sexo durante cerca de dois anos, revela o Correio da Manhã.

O diário atesta que o cabo da GNR usa o nome artístico de Frank Stone e que participou em filmes da produtora portuguesa Pornlowcost, nomeadamente na sua mais recente produção, “As Ronaldas”, mas também em “Apanhadas no Quarto Escuro” e em “Portuguesas sem Vergonha”.

O militar estará de baixa desde que a GNR abriu o processo disciplinar, frisa o CM.

“Frank Stone” incorre numa sanção porque terá exercido “uma actividade remunerada paralela sem autorização superior” e por potencial violação dos “deveres de decoro impostos aos militares da GNR”, sublinha o Diário de Notícias.

O CM ainda apurou que apenas um pequeno grupo de colegas do militar, do quartel da Pontinha, em Odivelas, sabia desta sua vida paralela como actor pornográfico. O agente terá até participado em espectáculos do Eros Porto.

Há cerca de dois anos, um cabo da GNR foi condenado na primeira instância por ter feito striptease num bar em Oliveira de Azeméis, alegadamente usando o uniforme oficial e a arma de serviço. O militar acabou por ser absolvido pelo Tribunal da Relação, que considerou que não ficou provado que a arma era real.

Vê vídeo do trailer onde o militar participou.

Veja também

Naked Dating

NAKED DATING: O PROGRAMA DE NAMORO ONDE OS PARTICIPANTES FICAM NUS ANTES DE MARCAREM ENCONTRO

O Naked Dating é um programa de namoro às escuras, de uma rádio australiana de …

Deixe uma resposta