Mulher depila zona púbica ao volante e causa acidente

Megan Mariah Barnes não parou o carro para depilar as partes íntimas e acabou por causar um acidente de viação, provocando quatro feridos. O caso aconteceu na Flórida.

Uma mulher foi detida esta semana na Flórida por ter provocado um acidente de viação enquanto se depilava dentro do carro. A norte-americana de 37 anos poderá incorrer numa pena até um ano de prisão.

Até aí, é uma história vulgar. O insólito é que Megan Mariah Barnes não interrompeu a condução para depilar a zona púbica. Mais: pedira ao ex-marido para segurar com uma mão o volante enquanto ela se embelezava para um encontro com o namorado. Pior: carregou no acelerador ao invés do travão.

Inimiga pública

Após o carro embater com uma carrinha, e apesar de estar ferida, Megan seguiu em frente e, quilómetros depois, teve a ideia de mudar de lugar com o ex-marido, Charles Judy, para fingir que era ele quem estava a conduzir.

O álibi não resultou. As lesões leves no peito da mulher provaram que era Megan quem estava a conduzir e não Judy que se encontrava frente ao único airbag que se abriu por ocasião do acidente.

Gary Dunick, o polícia que a apanhou em flagrante, não queria acreditar. Segundo declarou ao site ‘Keysnews’, foi a cena mais impressionante que já a viu desde que, há dez anos, parou outro condutor mais ou menos no mesmo local, com três ou quatro seringas penduradas no braço.

Segundo a imprensa dos EUA, a “inimiga pública” havia perdido a carta de condução na véspera, por causa de outro acidente. O seu Ford Thunderbird também não tinha seguro.

Veja também

casal

CASAL DÁ UMA QUECAA EM PLENO AVIÃO

Tem casal que quando viaja no avião tenta usar a casa de banho para dar …

Deixe uma resposta