Home / Actualidade / Orientadora pedagógica é presa nos EUA após ato sexual com um cão

Orientadora pedagógica é presa nos EUA após ato sexual com um cão

professorasexocao1

A orientadora pedagógica de uma escola estadual no condado de Harford, no estado de Maryland (EUA), foi presa depois de a polícia ter descoberto fotos que mostravam a norte-americana em um ato sexual com um cão da família.
Stepahanie Mikles estava a ser investigada por outro motivo quando as imagens, tiradas em Agosto de 2008, foram descobertas pelos investigadores policiais, de acordo com a emissora “ABC”. A polícia afirmou que mesmo que o ato tenha ocorrido há 5 anos, o crime ainda é passível de condenação.
A funcionária da escola confessou o ato sexual com o animal, que ainda vive na casa da família da professora. A mulher foi indiciada por prática sexual não natural e solta após pagar fiança de cerca de 3000 euros. Se for condenada, a mulher pode apanhar até 10 anos de prisão e multa de 1000 euros.
A escola decidiu colocar a mulher em licença administrativa até que o caso seja encerrado.

Veja também

Naked Dating

NAKED DATING: O PROGRAMA DE NAMORO ONDE OS PARTICIPANTES FICAM NUS ANTES DE MARCAREM ENCONTRO

O Naked Dating é um programa de namoro às escuras, de uma rádio australiana de …

Deixe uma resposta